Jiu-Jitsu

A arte milenar que cativa o público Pipense

Jiu-Jitsu na Pipa: Kimura Chikara Pipa.

Jiu-jitsu é uma arte de defesa pessoal milenar criada por monges budistas que faziam longas peregrinações e por não ser permitia a utilização de armas, nem como defesa, os monges criaram uma forma de luta (defesa pessoal) para ser utilizada contra os saqueadores nessas viagens. 

A arte foi criada na Índia e muito difundida no Japão, onde recebeu o nome: Jiu = suave, jitsu = arte, ou seja, Arte Suave. O jiu-jistu chegou ao Brasil através do Conde Koma, precisamente em Belém/PA, onde teve o primeiro contato com membro da família Gracie, que adquirindo certo tempo de prática transformou em arte ainda mais suave devido às técnicas de alavanca, assim o menor poderia se sobressair em combate com oponente maior e/ou mais forte.

O Brasil tornou-se o verdadeiro país do Jiu-jitsu com o Brazilian Jiu-jitsu, de pegada mais competitiva, ainda hoje, domina a arte em todas as categorias do Jiu-jitsu profissional. O esporte é difundido em inúmeras cidades do Brasil com grande quantidade de praticantes e hoje, a Praia de Pipa possui o mesmo padrão de qualidade dos treinos de grandes capitais. Marcelo Ferreira Martins Pinheiro, conhecido no mundo da luta e também na região por Marcelo Caneta, em 2001 começou a realizar um trabalho de ensino e orientação dessa nobre arte dentro do distrito de Pipa. 

Os alunos destacam-se pela boa vontade e paixão devotada a arte, Gilmark (Gil), verdadeiro nativo e excelente representante do distrito de Pipa é faixa preta juntamente com outros 3 (Francisco Romualdo, conhecido como Paracuru, Evaldo, conhecido como Testa e Sandrinha, esposa de Poli) formados em Pipa em 10 anos de trabalho. Na seqüência temos Poli, instrutor faixa marrom, que também faz um excelente trabalho junto com toda a equipe. Nesse período de treinos em Pipa, a equipe participou de diversas competições com excelentes resultados na região e alguns resultados de alcance nacional, tanto no jiu-jitsu como no MMA.

Na academia em Pipa, juntamente ao Jiu-jitsu, o Muay Thai é forte com o professor Filip Seymus da equipe Chikara da Bélgica (país de origem de Filip), morador e professor de Pipa desde 2002, está com um verdadeiro exercito de lutadores, não só afiados no chão como também na "trocação" em pé.

Marcelo Caneta, atleta da Kimura Nova União desde 1996 veste a camisa com a honra e alegria que hoje, todos em Pipa compartilham. Um belo exemplo de luta, esporte consciente e muita saúde que Pipa pode se orgulhar. Orgulho do excelente trabalho realizado por toda equipe, somente tangível graças a ajuda de todos citados e dos que não constam aqui e fazem parte da familia Kimura Chikara Pipa.

Veja também